Choses sans ombre

2018 | performance

Choses sans ombre é uma performance criada a partir da escultura de Francisco Tropa, Le Perchoir du Goëland.

Contexto

 

"A convite do CND Centre national de la danse, espaço dedicado exclusivamente ao arquivo, estudo e divulgação da Dança em Paris (Pantin), o Serviço de Artes Performativas de Serralves irá apresentar um projeto artístico, comissariado pela sua coordenadora, Cristina Grande, do artista Francisco Tropa, integrado no projecto "L'invitation aux Musées”, a que se juntaram seis museus internacionais.
(...)
Francisco Tropa é um escultor cuja prática se associa frequentemente às artes performativas, privilegiando a experiência de ocupação do espaço expositivo através da apresentação de dispositivos que executam ações, ou são ativados durante a exposição ou que, mesmo inertes, denunciam exemplarmente os gestos que lhe deram origem. Constituídos por objectos e matérias vitais, fazem referência à história de arte e à origem do fazer artístico, questionando o seu destino e a sua natureza.
(...)
A este conjunto junta-se ainda uma peça inédita, participada pela dupla de coreógrafos e performers Sofia Dias e Vitor Roriz, convidados pelo artista a constituírem uma nova partitura coreográfica, intitulada Choses sans ombre, em coabitação com a escultura objecto Le perchoir du Goëland, em resultado de uma colaboração artística que reflecte as relações entre o visual e o performativo."

 

A performance decorreu nos dias 24 e 25 de Novembro de 2018, no CND Centre National de la Danse - (Paris, FR)

©s&v built with wix